Quem decidiu apostar no mercado clubes de assinatura já deve ter se deparado com os diferentes tipos de clubes que são possíveis de se montar. Aqui no blog mesmo já falamos sobre como montar clubes de curadoria e de reposição.

Porém, existe um terceiro tipo de clube de assinatura que é ainda mais popular no Brasil, embora muitas pessoas não se deem conta de que se trata de um clube de assinatura. Esses clubes são os de acesso exclusivo.

Trazendo uma série de benefícios para a sua empresa, sua marca ou mesmo para ser a sua fonte principal de renda, o clube de assinatura de acesso exclusivo tem o Brasil como segundo maior consumidor no mundo. Dá pra acreditar?

Quer entender melhor sobre essa fonte de renda para aplicar ao seu negócio? Então, leia, a seguir, algumas características importantes de se saber sobre o clube de assinatura de acesso exclusivo:

O conceito
Os clubes de assinatura que mais abordamos aqui no blog são aqueles que entregam de forma recorrente produtos personalizados diretamente na casa dos assinantes. Essas boxes vem recheadas de experiências pensadas especialmente para o assinante, com base em informações colhidas em um formulário no ato da assinatura.

No entanto, esse conceito de clube de curadoria ou de reposição ainda é menos conhecido em território nacional do que o clube de acesso exclusivo, que, por mais que você não chame o serviço por esse nome, você muito provavelmente já assina também.

O que o seu plano de celular, seu streaming de filmes ou de música, sua TV por assinatura e seu provedor de internet têm em comum? Isso mesmo, todos eles são clubes de assinatura de acesso exclusivo.

O brasileiro se acostumou facilmente com as praticidades do pagamento recorrente para ter acesso a um serviço ou conteúdo exclusivo. Todos os meses, o consumidor paga um boleto ou tem debitado automaticamente de seu cartão o valor dessa prestação de serviço.

A recorrência é o grande benefício do modelo de negócio clube de assinatura. Ao mesmo tempo em que o empreendedor fideliza o cliente, ele também mantém sua receita mês a mês com a prestação de serviço dentro do prazo acordado.

Por esse motivo, pensar em estabelecer um clube de assinatura de acesso exclusivo para a sua empresa ou para a sua marca pode ser uma ótima oportunidade de receita. Além disso, ter a opção recorrente facilita a vida do cliente que confia no seu trabalho e quer mais praticidade para mantê-lo no dia a dia.

Âmbito digital
De acordo com o Relatório de Adoção de Streaming Global do Finder, especificamente no Brasil, 65% dos adultos brasileiros assinam algum tipo de streaming, ou seja, um clube de assinatura de acesso exclusivo. Esse número é bastante significativo, ainda mais considerando que a média global é inferior, cerca de 56% de assinantes.

Isso só comprova o grande potencial que a cobrança por acesso exclusivo têm no território nacional. Estamos falando de possibilidades infinitas: cursos, workshops, consultas, terapias, treinamentos, sessões de ginástica… Tudo podendo ser oferecido de forma remota, online, síncrona ou assíncrona, de forma recorrente, por meio da assinatura e do preenchimento de login e senha do usuário assinante.

O acesso exclusivo pode funcionar tanto como um clube que dá direito a conteúdos exclusivos online, como também complementar a box de um clube que entrega produtos físicos. Por exemplo, se você tem um clube de alimentos, que envia itens todos os meses para seus assinantes, você pode pensar em gravar vídeos tutoriais, ensinando receitas para preparar com os produtos e disponibilizá-los exclusivamente em uma plataforma online para seus assinantes.

Também é possível oferecer lives, palestras e fórum para solução de dúvidas nesse mesmo formato, dentro do pacote oferecido. A ideia é oferecer ao cliente conteúdos e funcionalidades que ele poderá consumir quando quiser, onde puder.

Servindo tanto para ser a atração principal ou para potencializar a experiência de um clube, o serviço de acesso exclusivo é promissor, versátil e condizente com os tempos de presença híbrida em que estamos vivendo, devido à pandemia do Covid-19. Vale à pena estudar as possibilidades do seu negócio dentro do formato virtual, mostrando para seus clientes a gama de benefícios que só eles terão ao concluir a assinatura.

Mundo físico
Agora falando precisamente de clubes de assinatura de curadoria ou reposição, o conceito desses clubes não impede que eles também adotem ações de acesso exclusivo sazonais ou até mesmo recorrentes. Outra grande oportunidade dentro do clube de assinatura é a de fazer samplings e pré-lançamentos de produtos dentro da box.

Os assinantes do clube nesse caso serão os clientes beta, e o feedback deles referente ao novo produto funciona como uma pesquisa de aceitabilidade. Esses dados são valiosos para o empreendedor aperfeiçoar suas estratégias de lançamento para o cliente final, ao mesmo tempo em que dão ao assinante do clube a exclusividade de conhecer a mercadoria em primeira mão, tornando-se um porta-voz da marca para seus amigos, seus familiares ou sua comunidade virtual.

O benefício da exclusividade
A ideia principal do clube de assinatura de exclusividade é que o assinante tenha acesso a conteúdos e serviços que, sem a assinatura, ele jamais teria. Por isso, é muito importante estruturar bem o conceito e o benefício real que o seu clube vai proporcionar.

O clube de assinatura de exclusividade precisa não só deixar a vida do assinante mais prática, com acesso a conteúdos ou ferramentas que tenham valor percebido, como também proporcionar experiências de inovação que o cliente queira manter  em sua vida a longo prazo. Como a ideia do clube é que o assinante não cancele a assinatura, os benefícios devem ser sempre revistos e aprimorados com base nos feedbacks dos assinantes, de forma que a taxa de cancelamentos seja baixa e a de novas adesões sempre cresça.

E aí, quer começar a vender seu clube de assinatura conosco? Clique aqui e saiba como!

O que achou do conteúdo? Se ficou alguma dúvida, comente aqui no blog!